Formação Profissional

Qual a importância da formação para o nosso sucesso profissional?

A formação profissional é um dos caminhos que podemos “tomar” e que melhor nos ajuda a atingir os nossos objetivos profissionais. Esta auxilia-nos a nos tornarmos os profissionais que queremos ser e com os conhecimentos que necessitamos para que possamos conquistar o mercado de trabalho. Neste artigo, iremos debruçar-nos sobre este assunto e tentar perceber qual a importância da formação para o nosso sucesso profissional?

Na procura da nossa profissão, devemos considerar sempre a nossa vocação, aquilo que realmente gostamos de fazer e para a qual temos talento. Não podemos esquecer que, depois de entrar no mundo do trabalho, vamos passar grande parte da nossa vida a exercer essa profissão, o que pode ser frustrante e complicado, se não gostarmos realmente de a exercer.

Além destes fatos, temos também que ser objetivos e racionais, escolhendo um profissão com futuro e que nos abra algumas portas e nos dê várias alternativas profissionais.

Uma dessas profissões poderá ser na área de estética ou cabeleireiro. Profissões ligadas a estas áreas propiciam várias saídas profissionais e formas de trabalho.

Procurar formação nestas áreas pode ser uma boa opção, a nível profissional, que lhe traga os “frutos” que tanto deseja. Formando-se nesta área, poderá optar pelo “típico” trabalho de estética ou cabeleireiro, num espaço dedicado ao tema, onde faça serviços de uma das áreas mas as opções são muitas mais do que essa.

Seja qual for a área que optar, poderá trabalhar em institutos de estética ou salões de cabeleireiro, por todo o lado, seja em Portugal ou no estrangeiro mas poderá também trabalhar de forma mais dinâmica, por exemplo, na área artística (cinema, tv, etc.) ou mesmo como formadora, transmitindo o seu conhecimento teórico e prático a outros futuros profissionais.

Além destas, existem muitas outras opções, de acordo com aquilo que gostaria de alcançar, Acima de tudo, é importante perceber que ambas as áreas estão em grande expansão e a procura por serviços de estética e cabeleireiro tem aumentado e tudo aponta que continuará a crescer.

Se gostaria de fazer formação numa destas áreas, saiba mais em www.pluriform.pt

Tons Pastel

Quais os tons de cabelo a experimentar?

Os festivais musicais, como é o caso do Coachella, um dos mais famosos do mundo, servem, frequentemente, de inspiração para novos looks de cabelo, roupa, maquilhagem, etc. Nos festivais de verão que aconteceram este ano, destacaram-se dois looks muito requisitados, os tons paste e os tons naturais. Se gostava de saber qual escolher, descubra, neste artigo, quais os tons de cabelo a experimentar?

Quando temos cabelo escuro, pode ser um desafio mudar o tom e a pergunta é, porque mudar o que é natural? Tudo o que interessa é mantê-lo saudável! Se a sua opção é, então, manter o tom natural, inspirada pelo festival, use um penteado fora do comum para dar um toque diferente e não se cansar. Ao manter o tom natural, pode modificar o seu look através de outros factores como o tipo de penteado, acessórios, maquilhagem, etc.

Se optar por coloração, os tons pastel são muito populares entre os looks do Coachella, nomeadamente os tons cinzento-lavanda ou prateado, para um look diferente e vanguardista. Apesar de este tom já ser, por si só, um estilo audacioso, pode optar usar penteados distintos, como ondulados ou outros. Existem inúmeras opções para este look e pode recorrer a tintas temporárias, que saem ao fim de umas lavagens.

O mais importante é ousar e arriscar, os festivais têm o melhor ambiente para experimentar novos looks e darmos um “update” ao nosso estilo.

Unhas artificiais

Conselhos para as unhas artificiais

Uma vez que é usual recorrermos à manicura e que cada vez mais pessoas recorrem a unhas artificiais, é importante sabermos como cuidar destas. Neste artigo, poderá conhecer alguns conselhos para as unhas artificiais:

 

  • No primeiro passo, que é fazer as unhas artificiais, é muito importante que recorra a um profissional de qualidade e que use produtos também de qualidade. Logo, desconfie se o custo do serviço for muito barato.
  • A manutenção destas unhas deve ser feita de 3 em 3 semanas, por isso, pode agendar logo na altura que as fizer.
  • Deve estar atenta a alterações como unhas levantadas ou danificadas, devendo recorrer logo ao profissional. Se deixar a unha assim, esta poderá, devido à humidade, vir a desenvolver fungos.
  • Quando realizar tarefas domésticas ou outras que possam danificar as unhas, utilize luvas, para proteger as unhas do efeito dos produtos químicos, evitando que fragilizem, quebrem ou levantem.
  • Diariamente, deverá ter o cuidado de hidratar as mãos e as cutículas, pois além de melhorar o aspeto das suas mãos, impede que a cutícula se desenvolva tão rapidamente.

 

Se quer saber mais sobre como cuidar das unhas ou sobre outros tratamentos que pode fazer para mudar o look das suas unhas, saiba mais em www.pluriform.pt.

Apresentação profissional

Como apresentar-se como profissional?

Quando se trabalha na área de estética ou cabeleireiro, uma coisa é certa, são muitos os trabalhos (e diferentes estilos destes) que resultam da nossa função. Podemos fazer um mesmo serviço de forma diferente, com materiais e “toques” distintos. Posto isto, é importante que crie um portefólio para poder mostrar o tipo de trabalhos que realiza. Descubra mais sobre este assunto, neste artigo, sobre como apresentar-se como profissional?

As técnicas, os estilos, os materiais, etc., sofrem alterações constantes, o que pode deixar, até os seus clientes, confusas em relação ao que escolher. Além disso, um portefólio pode até mostrar aos clientes novas técnicas que tenham surgido no mercado, que estas ainda não conheçam.

Acima de tudo, através do portefólio consegue mostrar a clientes e potenciais clientes aquilo que é capaz de fazer. Este pode ser feito utilizando fotografias dos trabalhos, amostras de materiais, fotos de antes e depois, fotos do mesmo trabalho com materiais e abordagens diferentes. É importante que o seu portefólio contenha a maior variedade de tipos de trabalhos que saiba realizar, para que este demonstre todas as suas competências, dentro do possível. Escusado será dizer que só deve colocar no seu portefólio os seus melhores trabalhos e aqueles que melhores reações criaram nos clientes.

Pode incluir, também, informações em relação ao trabalho (como variedades existente, materiais, tipos de decoração, entre outros. Outro aspeto que pode valorizar o seu portefólio é adicionar, junto dos respetivos trabalhos, formações ou certificações que tenha obtido que a habilitam a realizá-lo, espaço de formação onde realizou, formador, etc.

Turismo

Como é que a estética e o turismo se “cruzam”?

Aproveitar os tempos livres para viajar e conhecer novos sítios, ou seja, praticar Turismo, é algo que muitos desejam. Poder aproveitar todos os momentos para relaxar, fazer atividades de lazer, recuperar a energia perdida durante o tempo de trabalho, além de ser ótimo para o nosso bem-estar, é necessário. Mas o que tudo isto tem a ver com a estética? Descubra, neste artigo, como é que a estética e o turismo se “cruzam”?

Cada vez mais pessoas procuram dar uma escapadinha na altura das férias, apra recuperar dos problemas e stresses do ano de trabalho. Dessas pessoas, cada vez é maior o número de adeptos de Spa’s, massagens, saunas, banhos turcos, etc. Ou seja, na altura de escolher o local de férias, muitas pessoas consideram e procuram locais que ofereçam serviços de estética que ajudem no processo de relaxamento.

Logo, ao mesmo tempo que aproveitam para descansar e conhecer um local novo, os turistas aproveitam para relaxarem, ter cuidados que não têm durante o ano. Sabendo este crescente interesse, grande parte dos serviços de hotelaria oferece, agora, serviços de estética para responder à procura.

Já não existem só procura de turismo de lazer mas, cada vez mais, uma procura de um turismo associado à estética, que proporcione momentos de relaxamento e bom ambiente.

É também visível uma maior associação entre oferta turística e oferta de tratamentos de estética, existindo até promoções que englobam a visita a um local e intervenções cirúrgicas e de estética.

Logo, podemos verificar a importância crescente da estética em diversas áreas, sendo até procurada pelo setor de turismo, no sentido de encontrarem profissionais que respondam às necessidades que surgem devido à procura destes serviços no Turismo.

Se se interessa pela área de estética, porque não procurar uma formação que lhe abrirá portas até em áreas de negócio que nunca imaginaria? Saiba mais em www.pluriform.pt

 

Pernas Inchadas

Como lidar com as pernas inchadas?

Quando algo se passa no nosso organismo, este envia-nos “sinais” das mais variadas formas, para que tomemos os cuidados necessários. Um destes sintomas é o inchaço das pernas. Descubra, neste artigo, como lidar com as pernas inchadas.

O inchaço das pernas pode ser derivado a um funcionamento incorrecto das veias, por estas estarem obstruídas ou por insuficiência das válvulas. Ou seja, as veias têm pequenas válvulas que ajudam o sangue a circular desde os pés até ao coração. Um mau funcionamento neste processo, causa insuficiência venosa. Neste caso, o sangue volta para trás e acumula-se nas veias das pernas, que incham, podendo levar, também, ao aparecimento de varizes.

A exposição ao calor, alterações hormonais, gravidez, trombose venosa e doenças cardíacas são, também, outras causas do inchaço das pernas. Neste sentido, deve consultar um especialista para determinar a origem do problema.

Contudo, existem alguns cuidados que pode ter para prevenir este tipo de problema, como:

  • Ter uma alimentação saudável e variada, incluindo legumes, fruta e líquidos e evitando gorduras, sal, açúcar e produtos processados, sempre que possível
  • Deve evitar permanecer na mesma posição durante muito tempo, pois os músculos e as articulações necessitam do movimento para incentivar a circulação do sangue. Pode também praticar exercício físico (exemplo, caminhar 1h/dia) para promover a circulação do sangue
  • Evitar o uso de roupas apertadas
  • Evitar álcool e café
  • Evitar a exposição ao calor

 

Existem também um conjunto de tratamento a que pode recorrer para aliviar a dor e o inchaço das pernas, tais como, drenagem linfática, pressoterapia, etc.

Maquilhagem

Dicas importantes na altura de se maquilhar!

Existem muitos tutoriais de maquilhagem pela internet mas estas nem sempre esclarecem todas as dúvidas. Neste artigo, poderá descobrir algumas dicas importantes na altura de se maquilhar!

A cor correta deve fundir-se com o seu tom de pele. Numa versão mais rápida, espalhe a base com a mão na zona T, a área facial que integra a testa, o nariz, maçãs do rosto e queixo).
Para um look mais elaborado, “aplique com uma esponja de látex própria para maquilhagem, em todo o rosto”, aconselha ainda a maquilhadora.

Rosto sem imperfeições
O toque de magia é dado pelo corretor de olheiras. O truque é escolher um corretor com um tom semelhante ao da base, fazendo um teste na mão. Coloque um pouco de corretor no topo de uma cotonete e aplique onde é preciso. De seguida, esbata com o dedo. Borbulhas, sinais e cicatrizes, simplesmente, desaparecem. Para corrigir olheiras, coloque um pouco de corretor no dedo e espalhe, esbatendo, em toda a área da olheira.

Por cima da base e do corretor, deve espalhar pó de rosto, para prolongar o efeito dos produtos aplicados. O pó pode ser solto ou compacto e deve ser ajustado ao tom da base. Aplique-o com um pincel próprio, mergulhando-o no pó, retirando o excesso e passando em toda face como se estivesse a varrer. Élia Lé sugere que se “passe o pincel de blush com pó na zona dos olhos, em cima e em baixo, para assegurar que fica bem aplicado”.

 

Mas aprendamos mais! Descubra tudo já no próximo artigo e saiba como foi a nossa experiência no workshop de auto maquilhagem da Pluriform!

negócio próspero

Passos para ter um negócio próspero

Abrir e manter um negócio, seja em que área for, não é fácil. Mas na área de cabeleireiro ainda mais complicado se torna, devido a toda a concorrência que existe atualmente. Mas com algumas dicas, é possível manter um negócio bem-sucedido, que não sofra muito com as alterações de mercado. Neste artigo, poderá saber alguns passos para ter um negócio próspero.

Certos erros que cometemos poderão por em causa o sucesso do nosso negócio, sejam eles desequilíbrio financeiro, ter gastos em excesso ou atender mal os clientes, podem originar o fim do seu espaço comercial.

Veja aqui 5 erros que deve evitar, na gestão do seu negócio:

  1. Não procurar conhecimento e desenvolvimento constante Existem vários aspectos da gestão (código do trabalho, contabilidade, gestão de stocks, etc.) que deve saber para lidar com seu negócio e o desconhecimento destes pode ditar o fim do seu projecto profissional
  2. Má gestão de recursos: Deve ter em atenção a sazonalidade dos serviços que presta. Por exemplo, em alturas como passagem de ano e afins, deve reforçar stock de maquilhagem e outros produtos muito requeridos, no verão, provavelmente, terá um acréscimo de pedidos de cabeleireiro, logo estes produtos devem ser reforçados. E como estes, outros exemplos servem para vermos como é importante esta gestão.
  3. Localização dispendiosa e pouco acessível: Devemos analisar a relação custo/benefício na altura da selecção do espaço onde iniciará o seu negócio. Isto porque, de nada adianta estar localizada num bom local (como, por exemplo, o centro do Porto) se este lugar não for de fácil acesso e não seja sossegado e comodo o suficiente para proporcionar aos clientes uma boa experiência
  4. Misturar finanças pessoais e empresariais: Não é difícil perceber que esta mistura pode ser “explosiva”. Deve haver uma separação clara entre o que é lucro e rendimento do salão e o que é o seu rendimento, para que se possa organizar e possa, também, investir no desenvolvimento do seu salão.
  5. Mau atendimento: Mesmo sendo stressante trabalhar nesta área, espeicalmetne com atrasos ou outros contratempos. Contudo, é importante não deixar de atender bem o cliente, com sorriso e simpatia e evitando que este aguarde muito tempo.
Low poo

Como escolher entre Low Poo e No Poo?

Embora os produtos Low Poo e No Poo sejam bastante conhecidos, nem todos sabem qual o tipo de produto que devem escolher, de acordo com o seu tipo de cabelo. Saiba, neste artigo, como escolher entre Low Poo e No Poo.

O objetivo das técnicas Low Poo e No Poo é lavar o cabelo de forma mais cuidadosa, sem causar danos, pela não presença de sulfatos, parabenos e outros químicos na sua composição. Mas qual a diferença entre ambos?

No Poo consiste em não usar champô durante a lavagem, o que vai tornar o cabelo mais macio e hidratado. Para tal, pode utilizar produtos co-wash, ou seja, a lavagem é feita apenas com condicionador próprio para este tipo de lavagem (sem químicos agressivos) e para os vários tipos de cabelo. Ou seja, sem usar champô, esta técnica consiste em lavar bem o cabelo até à raiz, usando um condicionador. Depois aplicam-se, também máscaras de tratamento sem ingredientes nocivos. Só espere resultados, usando esta técnica, ao fim de cerca de 1 mês, sendo que terá melhores resultados em cabelos com caracóis.

Já a técnica Low Poo usa champôs sem sulfatos. Para identificar quando for comprar, sulfatos podem ser designados: Sodium laureth sulfate, Sodium lauryl ether sulfate, Sodium laurilsulfate, Ammonium Lauryl Ether Sulfate, Ammonium lauryl sulfate, Sodium Trideceth.

Ou seja, aqui o cabelo é lavado normalmente, com champô mas este é mais suave para o cabelo. Em qualquer uma das técnicas, não se usam produtos que contenham óleo mineral, parafina ou petrolados, por danificarem o cabelo e não saírem com as lavagens.

Embora sejam adequados para todos os cabelos, estas técnicas originam melhores resultados em cabelos aos caracóis.

Unhas

Novo acessório de manicura: o must-have para pintar as unhas

A manicura é uma área de mudança constante e, cada vez mais, surgem acessórios e produtos que facilitam o processo de cuidar das unhas. Uma destas novidades é um novo acessório de manicura: o must-have para pintar as unhas.

Saiba mais sobre este acessório e como pode utilizá-lo para facilitar a manicura, nesta notícia:

https://nit.pt/vanity/beleza/este-vai-passar-a-ser-o-acessorio-indispensavel-quando-pintar-as-unhas